Loading...

Povos na cruz

2018-03-04T19:22:55+00:00

Vão marchando enfileirados

Tem os pés empoeirados

Levam alma no olhar

Mas não é o uniforme

Que à alma dá um nome

É o que estão a carregar

 

Mais que balas e canhão

Ou algemas e prisão

É o que os move a avançar

 

Vão morrendo lado a lado

Uns dos outros aliados

E uma cruz a separar

 

Um é o povo que destrói

Sobre o ódio se constrói

Uma fé que vai matar

 

E o outro olha a cruz

Tão de perto, qual Jesus

Que ao inimigo manda amar

 

Um conceito é a razão

Uma ideia gera ação

Pra morrer e pra matar

 

Uma crença que o ataca

Mata a si com a mesma faca

Com a qual quer se salvar

 

E quão longe nós estamos

De voltar aos primos anos

E à Verdade retornar?

 

André Nascimento

 

Sobre mim

Sou poeta, escritor e músico: artista-pássaro que busca levar beleza e verdade, poetizando a vida que Deus sempre quis. Atuo, canto e escrevo contos, crônicas, poesias e artigos.

Últimos textos